quinta-feira, 4 de novembro de 2010

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Vídeo - Mulher despejando o marido

Nada como um filminho engraçado pra começar essa semaninha boa, que está começando só agora, na 4a feira!!

video

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Casadinho

O casadinho é uma ótima pedida para quem "agradar gregos e troianos"! No mesmo potinho colocamos um pouco do brigadeiro preto e um pouco do branco, e é essa mistura que torna o doce deliciosamente I-R-R-E-S-I-S-T-Í-V-E-L!!

 Ele não é uma fofura?!

O casadinho pode ser dado de lembrança aos convidados pelos noivos que querem inovar ou que cansaram dos tradicionais bem casados. Os noivos podem deixá-los em cima da mesa do café, por exemplo, ou ao lado do prato de cada convidado, sempre acompanhado de um cartãozinho de agradecimento pela presença, né?!  =)


E abaixo temos a "equipe" dos casadinhos:

E aí, gostaram?!
Beijos!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Lembrança de casamento para madrinhas

As caixinhas abaixo foram confeccionadas especialmente para a Flávia dar de lembrança às madrinhas de seu casamento. Cada uma delas continha 04 potinhos de vidro com brigadeiro de colher, nos sabores tradicional, branco, rosa e casadinho.





Fizemos pátina marrom nas caixinhas de mdf, que tinha vidro transparente na parte superior. Após, envolvemos cada caixinha com um lindo laço de fita na cor marrom, colocando em cada laço uma linda poesia da Cora Coralina ("Saber Viver" - conteúdo da poesia aqui):





E olha uma caixinha desfilando pelo casamento! Rs:



Beijos!

domingo, 31 de outubro de 2010

Brigadeiro Rosa

ESSE é o brigadeiro rosa:

O sabor dele é inconfundível, único, incomparável a qualquer outro... ele é realmente diferente, e é uma grande pena ainda não terem inventado como demonstrar um sabor através de foto, vídeo ou posts em blogs! Rss

Ele é uma ótima opção para quem não gosta, não pode comer ou simplesmente quer sair um pouco do tradicional chocolate! E as crianças adooooram!



Vale experimentar!


Beijos

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Saber Viver - Cora Coralina

“Saber Viver”
(Cora Coralina)

Não sei... Se a vida é curta 
Ou longa demais pra nós, 

Mas sei que nada do que vivemos 
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. 

Muitas vezes basta ser: 
Colo que acolhe, 
Braço que envolve, 
Palavra que conforta, 
Silêncio que respeita, 
Alegria que contagia, 
Lágrima que corre, 
Olhar que acaricia, 
Desejo que sacia, 
Amor que promove. 

E isso não é coisa de outro mundo, 
É o que dá sentido à vida. 
É o que faz com que ela 
Não seja nem curta, 
Nem longa demais, 
Mas que seja intensa, 
Verdadeira, pura... Enquanto durar




Inspirador, não?!


Esse foi o poema que a Flávia e o Pedro presentearam as madrinhas do casamento. O texto foi impresso em papel vegetal e ficou assim:



Depois, enrolamos o papel e colocamos em cima da caixinha de pátina (também feita por mim!), amarrada com um laço, com 4 brigadeiros dentro. Falarei sobre a caixinha no próximo post, ok? :)

Brigadeiro BRANCO!!

FALAR SOBRE O BRIGADEIRO BRANCO

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Os prazeres de uma vida normal

"Os prazeres de uma vida normal"
(Clarice Lispector)

Pois eu que durmo tão mal, durmi de oito da noite até seis da manhã. Dez horas: senti um orgulho pueril. Acordei com o corpo todo aumentado nas suas células. Ah, isso é vida normal, então? mas então é muito bom!

E eu que nunca fiz luxo para comer, andei há um tempo fazendo dieta para perder uns quilos a mais. Aí experimentei uma vida anormal para comer. Andava exasperada como se outros estivessem comendo o que era meu. Então, de raiva e fome, de repente comi o que bem quis. E como é bom comer, dá até vergonha. E certo orgulho também, o orgulho de ser um corpo exigente. Ah, que me perdoem os que não têm o que comer; o que vale é que esses não são os que me lêem.

Outro prazer que é normal é quando escrevo o que se chama de inspirada. O pequeno êxtase da palavra fluir junto do pensamento e do sentimento: nessa hora como é bom ser uma pessoa!

E receber o telefonema de um amigo, e a comunicação de vozes e alma ser perfeita? Quando se desliga: que prazer dos outros existirem e de a gente se encontrar nos outros. Eu me encontro nos outros. Tudo o que dá certo é normal. O estranho é a luta que se é obrigado a travar para obter o que simplesmente seria o normal.

Crônica extraída do livro "Aprendendo a viver".

Sobre a pequena preferência por Clarice Lispector

Queridos leitores, provavelmente vocês sentirão, ao explorarem este blog, uma pequena preferência pelas frases, textos, contos, crônicas, confissões e divagações de Clarice Lispector:

Imagem extraída do site Clarice Lispector, vá para o site clicando aqui.

É que esta escritora - tão grave e profunda como muitos outros que também serão bastante citados no decorrer do blog -, ao contrário destes, torna cada instante admiravelmente decisivo. Pensado. Confessado. Sua não-ficção, discutindo filosofia de vida e sua tentativa inquieta de tentar compreender o mundo e ser parte deste mundo, faz desta escritora uma escritora realmente ímpar.

Assim, naaada mal citarmos (bastante!) Clarice Lispector ;)

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Brigadeiro tradicional

Este é o brigadeiro tradicional:






A receita é especial e é o que dá um sabor "diferente" ao meu brigadeiro, que sempre fez tanto sucesso nas festinhas, rss...

Esse é o time de brigadeiros tradicionais:





terça-feira, 26 de outubro de 2010

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

O (segundo) melhor pastel do mundo!

Pastel de abóbora com queijo meia-cura

Ingredientes:
- 500 g de abóbora cabochã cozida no vapor e amassada até virar um purê 
- 250 g de queijo meia-cura ralado do lado grosso 
- 2 colheres (sopa) de azeite 
- 1 alho-poró fatiado 
- 2 colheres (sopa) de manjericão 
- Sal e pimenta-do-reino a gosto 
- Massa para pastel o quanto baste 
- Óleo para fritar os pastéis 

Preparo: 
- Misture a abóbora, completamente fria, ao queijo: junte o sal, o manjericão, sal e pimenta. 
- Refogue o alho-poró no azeite e misture aos demais ingredientes, menos o óleo, até obter uma mistura bem ligada e homogênea. 
- Faça os pastéis: coloque um pouco de recheio no centro da massa e corte no formato desejado; frite-os em óleo quente e escorra-os em papel absorvente. 
- Sirva-os bem quentes.



O segundo melhor pastelzinho que existe!!!
(o primeiro, claro, é o que a minha mãezinha fazia!)

domingo, 24 de outubro de 2010

sábado, 23 de outubro de 2010

Topo de bolo

Brigadeiro tem tudo a ver com casamento! Poesia também!


É por isso que vou falar bastante sobre casamentos aqui no blog! 


Pra inaugurar o "tema" casamento, queria mostrar pra vocês como foi o topo de bolo (vulgo noivinhos!) do casamento da minha filha, Daniela:




Lindinho, não?!


Esses são a Dani, o Fred e a Nina, a cachorrinha mais linda e especial do mundo!


Espero que tenham gostado ;)

Poesia pra começar o dia!

"No silêncio dos olhos"
(José Saramago)

Em que língua se diz, em que nação,
Em que outra humanidade se aprendeu
A palavra que ordene a confusão
Que neste redemoinho se teceu?
Que murmúrio de vento, que dourados,
Cantos de ave pousada em altos ramos
Dirão, em som, as coisas que, calados,
No silêncio do olhar confessamos?
Extraído do livro "Os Poemas Possíveis"

Beijos!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Sabores de brigadeiros

Hummm.... o post de hoje está d-e-l-i-c-i-o-s-o! 


Hoje vou falar dos sabores dos brigadeiros que eu faço!


Tem o TRADICIONAL:


o BRANCO:
(que não leva chocolate!)


o ROSA:


o CASADINHO:


o COCADINHA:


Todos são uma delícia!!!

Nos posts futuros, falarei com detalhes sobre cada um deles! Por ora, apenas gostaria de dizer que todos eles, independente do sabor escolhido, tem "gosto de infância". Sabe? Aquele gosto bom, caseiro, de quero mais, que nos remete à infância?! rss


Também queria dizer que uso ingredientes bons e conhecidos por todos: um bom leite condensado, boa manteiga, bom granulado, açúcar cristal e etc. 


É isso, somado à uma boa poesia, que garante o sabor de quero mais dos brigadeiros! ;)

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Inauguração do blog!!!

Bem vindos!!!

Sejam todos muito bem vindos ao meu blog, que espero seja feito com muita doçura e poesia!

Pretendo, aqui, expor os meus deliciosos BRIGADEIROS (modéstia a parte! rs) e adoçar a vida de todos com muita POESIA.

Proponho algo diferente! Infelizmente, a rotina corrida de todos nós faz com que a gente se esqueça dos prazeres simples da vida: pequenas gentilezas, doces trocas de olhar, cheirinho de café, um cafuné gostoso, comer brigadeiro de colher e poesia ao pé do ouvido... 

Quem hoje pode parar, no meio da tarde, para saborear, degustar um bom doce? Quem hoje escreve uma carta de amor? Quem decora letras de músicas? Quem dá um presente despretensioso, só para agradar? Quem ainda manda cartões de natal? Digo, por correio?!! Quem agradece os seus familiares por, simplesmente, fazerem parte de sua vida? Quem presenteia um amigo "só" pelo fato de ser: amigo?

Aqui, no blog, pretendo compartilhar gentilezas esquecidas no dia a dia e idéias sempre presentes no fundo no fundo de nossos corações: poesias, receitas, DIY, letras de músicas, casamentos, dicas de viagens, presentes, idéias de decoração, moda, casa, imagens, vídeos, inspirações, inspirações e inspirações...!

E tem inspiração MELHOR para o dia a dia do que comer brigadeiro com poesia?!

Um brinde aos brigadeiros e às poesias!!!!



Sejam todos bem vindos!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...